fbpx
Da nossa família para a sua

Deixe seu e-mail e receba conteúdo exclusivo


    Impactos do monóxido de carbono em ambientes fechados

    Impactos do monóxido de carbono em ambientes fechados
    Impactos do monóxido de carbono em ambientes fechados

    Cada vez mais presentes na vida das pessoas, os aquecedores a gás oferecem inúmeros benefícios, além da comodidade de ter água quente de forma rápida a qualquer hora do dia – e convenhamos que em tempos de muito frio um aquecedor assim cai muito bem. Mas, embora benéficos, é importante ficar atento aos impactos do monóxido de carbono em ambientes fechados.

    O que é o monóxeno de carbono?

    Impactos do monóxido de carbono em ambientes fechados

    O monóxido de carbono é um gás tóxico que resulta de uma combustão incompleta (pouco oxigênio) de combustíveis sólidos (carvão, lenha), líquidos (petróleo, gasolina, gasóleo) ou gasosos (gás natural, butano, propano). Ele pode ser o GLP (Gás Liquefeito do Petróleo) ou o GN (Gás Natural). Porém toda a queima, independente do combustível utilizado, vai resultar na liberação de resíduos, como fumaça e outros gases provenientes do processo químico.

    Aparelhos de combustão como fogões e aquecedores, instalados de forma incorreta, mal regulados ou em deficiente estado de conservação, podem conduzir à formação desse gás altamente tóxico no ambiente.

    A explicação se relaciona com o nível de confinamento do ambiente. Para acontecer da maneira correta, a combustão sequestra o gás oxigênio disponível, permitindo que as chamas dentro do aquecedor se mantenham. Esta é a combustão completa. Entretanto, se o cômodo for mal ventilado, a combustão roubará todo o oxigênio existente no local e, na falta dele, passará a produzir o monóxido de carbono.

    Impactos do monóxido de carbono

    Impactos do monóxido de carbono em ambientes fechados

    Por ser um gás altamente tóxico, o monóxido de carbono precisa ser eliminado ao ar livre. Justamente por isso, os aquecedores a gás possuem uma abertura em sua parte superior, onde é conectado o duto de exaustão, que é responsável por conduzir esses gases para fora do ambiente.

    Ao contrário do gás encanado, que possui um odor artificial adicionado quimicamente, o monóxido de carbono não produz cheiro algum, o que dificulta muito o seu reconhecimento.

    De acordo com a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), quando inalado, as moléculas de monóxido de carbono se ligam à hemoglobina presente no sangue. Isso dificulta a circulação e distribuição do oxigênio – essencial para vida humana – no corpo. É uma morte por asfixia.

    Após sua inalação, o monóxido de carbono pode causar leves sintomas de envenenamento, que podem ser percebidas por dores de cabeça e até falhas na respiração. Uma exposição rápida ao gás pode levar a desmaios, sensação de confusão, náusea e dores de cabeça.

    Quando o tempo de inalação aumenta, os sintomas agravam-se e podem causar intoxicação do sistema nervoso central, convulsões, diminuição na frequência cardíaca e na respiração, provocando a morte do organismo.

    Casas onde o aquecedor fica no banheiro são ainda mais perigosos e propensos a apresentar esse tipo de problema. Se o cômodo for mal ventilado, aí o risco triplica, pois pode haver acúmulo de monóxido de carbono no local, o que pode ser fatal.

    Morte por intoxicação, um perigo real

    Impactos do monóxido de carbono em ambientes fechados

    No dia 22 de junho uma tragédia causada pelo monóxido de carbono levou dois jovens em um apartamento no Leblon. O casal Matheus Correia Viana e de Nathalia Guzzardi Marques, ambos de 30 anos, estavam caídos no box do banheiro.

    Segundo informações preliminares da Polícia Civil, foi o vazamento de gás a causa da morte das vítimas. O caso é investigado pela 14ª DP (Leblon), que realizou perícia no local.

    Laudo do IML (Instituto Médico Legal) revelado pelo jornal O Globo indica que os corpos apresentavam sinais de asfixia, “com coloração carminada dos tecidos, sugestivo de intoxicação exógena”.

    Em nota, a distribuidora de gás Naturgy lamentou a morte do casal e afirmou que a manutenção dos aparelhos como fogões e aquecedores e das instalações internas das residências é de responsabilidade do consumidor.

    Esse é apenas um dos vários acidentes que acabaram em morte devido inalação de monóxido de carbono dentro de ambientes fechados e sem nenhuma ventilação.

    Infelizmente, muitas pessoas ainda não dão a devida atenção para os cuidados na hora de instalar e utilizar esse tipo de aparelho, além da manutenção preventiva, que muitas vezes é ignorada.

    Como evitar esse tipo de tragédia?

    Impactos do monóxido de carbono em ambientes fechados

    O segredo para evitar tragédias causadas pelo monóxido de carbono não poderia ser mais simples: oxigênio. Portanto, é necessário que os ambientes possam contar com uma qualidade e renovação do ar adequada.

    Além disso, a instalação do aparelho deve ser feita por uma equipe especializada, seguindo todos os cuidados, conforme a norma brasileira 13103, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

    Caso seu aquecedor fique no banheiro, mantenha janelas e basculantes livres e abertos, pois eles fazem a ventilação superior do cômodo. Caso seu banheiro não conte com janelas ou essas não ofereçam uma ventilação adequada, a instalação de um exaustor de ar pode auxiliar nesse processo.

    Vale lembrar que a escolha do equipamento correto não é determinada apenas pela área ou volume do ambiente, existem outros fatores que são até mais importantes para determinar o equipamento correto. Por isso, contate sempre uma empresa referência no segmento para o melhor auxílio.

    A Sicflux conta com uma equipe altamente qualificada para entregar as melhores soluções em renovação de ar para o seu ambiente, incluindo as melhores soluções em exaustores silenciosos, de fácil instalação e certificados pelo INMETRO com garantia de qualidade. 

    Venha conversar com a nossa equipe!

    FONTES:
    -https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2021/06/23/casal-e-encontrado-morto-em-apartamento-no-leblon.ghtml
    -https://saude.ig.com.br/2021-06-23/rj-entenda-intoxicacao-por-monoxido-de-carbono–possivel-causa-da-morte-de-casal.html
    -https://www.jornalnordeste.com/olho-clinico/os-perigos-de-intoxicacao-por-monoxido-de-carbono
    – https://aquecenorte.com.br/blog/monoxido-de-carbono/

    Acesse nossa loja virtual!

    Este conteúdo foi uma colaboração de:

    Comentários

    Receba conteúdo exclusivo gratuitamente